Execução

O Planejamento Estratégico é executado por meio das iniciativas estratégicas. Essas iniciativas foram priorizadas segundo critérios objetivos e foram associadas aos setores responsáveis. Cada setor deverá concretizar as iniciativas de sua responsabilidade em Programas, Projetos e Ações.

À medida que a execução for acontecendo, os indicadores dos objetivos estratégicos serão monitorados para identificar se as iniciativas estão efetivamente contribuindo para o alcance dos objetivos traçados. Caso contrário, poderá ocorrer um realinhamento estratégico, seja com a elaboração de novas iniciativas, seja com a construção de novos indicadores de resultado.

Captura de Tela 2015-08-05 as 23.11.03

A ordem de priorização das iniciativas do Poder Judiciário Capixaba para o período 2015-2020 ficou definida da seguinte forma:

  1. Reestruturar a STI – Recursos humanos e Estrutura Organizacional
  2. Incentivar a gestão de audiências com pautas temáticas
  3. Assegurar de forma suficiente os recursos do Tesouro Estadual
  4. Criar Normas Internas para estímulo aos Meios Alternativos de Solução de Conflitos
  5. Convergir e integrar os sistemas legados
  6. Implementar Cultura de Pacificação Social
  7. Priorizar atuação de forma pré-processual
  8. Criar e Implantar os CEJUSC´s (Centros Judiciários de Solução de Conflitos e Cidadania)
  9. Desenvolver Programa de Capacitação continuada para formação de instrutores, mediadores e conciliadores em parceria com o CNJ
  10. Programa de atualização dos processos de trabalho
  11. Plano de Comunicação visando à divulgação das Ações Institucionais e Sociais do Poder Judiciário
  12. Estruturar e unificar o sistema virtual de acesso à justiça
  13. Elaborar e implementar programa de comunicação visando a disseminação de todas as informações necessárias à efetividade da tramitação processual
  14. Elaborar e implementar programa de educação e sensibilização de utilização sustentável dos recursos materiais
  15. Elaborar e implementar projeto de monitoramento sobre os custos de funcionamento das unidades judiciárias
  16. Contratar o serviço de suporte técnico – Service Desk
  17. Atuar na gestão de conflitos coletivos
  18. Implantar o Processo Judicial Eletrônico
  19. Integrar os CEJUSC’s aos outros órgãos do Poder Judiciário
  20. Implantar o Gerenciamento de Serviços de TI
  21. Apoiar mecanismos externos de solução de conflitos, contribuindo para a redução da judicialização
  22. Capacitar o público interno – servidores e magistrados – para o relacionamento com os públicos
  23. Atualizar o parque tecnológico
  24. Aprimorar realização de mutirões
  25. Gerenciar os recursos de infraestrutura de forma a maximizar sua utilização
  26. Implantar sistema de automatização de gestão da capacitação e do desempenho por competência
  27. Implantar sistema de automatização de processos de administração e de gestão de pessoas
  28. Capacitar os servidores para atendimento e triagem
  29. Elaborar e implementar programa de reforço em unidades judiciárias com elevado número de processos pendentes de julgamento
  30. Criar estrutura física e de pessoal para a manutenção das atividades do Núcleo
  31. Gerenciar e adequar recursos tecnológicos de forma a maximizar sua utilização para uma melhor produtividade
  32. Implantar política de priorização do 1º grau
  33. Mapear, padronizar e aperfeiçoar os processos de Trabalho
  34. Adequar sistemas eletrônicos à tramitação e julgamento concentrado das ações
  35. Programa de diagnóstico e fiscalização dos processos de improbidade administrativa e crimes contra a administração pública
  36. Diagnosticar e mapear as demandas repetitivas dos grandes litigantes
  37. Redesenhar a estrutura judiciária
  38. Elaborar e implementar programa de capacitação dos servidores e magistrados para atividade judiciária
  39. Instituir Código de Ética e Conduta no PJES
  40. Desenvolver um programa de capacitação e formação de magistrados e servidores
  41. Implantar projeto Datacenter backup visando a Gestão de Continuidade de Negócio
  42. Implantar o Gerenciamento de Segurança da Informação
  43. Aprimorar o sistema de logística de tramitação processual no primeiro e segundo graus
  44. Implantar programa de capacitação para atuação específica com demandas de massa
  45. Implantar um sistema integrado de segurança eletrônica em todas as unidades do Poder Judiciário
  46. Incentivar a participação de instituições de ensino e pesquisa nas atividades do Núcleo
  47. Elaborar e implementar programa de adequação das unidades à legislação e às regras do CNJ, baseado em um plano de obras até 2020
  48. Adequar quadro de pessoal
  49. Estruturar e ampliar as centrais de abertura de processos dos juizados especiais
  50. Reorganizar as Centrais de Abertura de Processos
  51. Adequar a força de trabalho a um alto nível de produtividade
  52. Aprimorar o Programa de Comunicação Organizacional Interna do Poder Judiciário
  53. Implantar gestão coordenada de alterações na tramitação de processos
  54. Elaborar e implementar programa de capacitação para combate à improbidade administrativa e a crimes contra a administração pública
  55. Adquirir e Implantar um Sistema Integrado de Gestão Administrativa
  56. Reformar e ampliar unidades do Poder Judiciário, baseado em plano de obras até 2020
  57. Estabelecer novas infraestruturas judiciárias para atender as necessidades operacionais atuais
  58. Aperfeiçoar a metodologia de estimativa da despesa
  59. Implantar gerenciamento de projetos
  60. Elaborar e implantar programa de gestão de conflitos
  61. Implantar o Gerenciamento de Projetos
  62. Criar modelo com foco na gestão da informação para orientação aos magistrados e aos servidores
  63. Implantar o Gerenciamento de Processos
  64. Estruturar a unidade gestora de pessoas
  65. Implantar regimento interno administrativo de gestão de Pessoas
  66. Implantar regimento interno administrativo
  67. Instituir parcerias com instituições públicas e privadas para realização de perícias técnicas
  68. Redesenhar a estrutura administrativa
  69. Programa de divulgação do andamento dos processos de improbidade administrativa e de crimes contra a administração pública
  70. Contratar empresa especializada para mapear e diagnosticar as competências organizacionais e individuais
  71. Implantar programa de desligamento voluntário
  72. Estabelecer nova estrutura física para o fórum de Vitória
  73. Revisar e aperfeiçoar o controle orçamentário
  74. Reorganizar as atividades de administração de pessoal visando a descentralização das atividades operacionais
  75. Promover ações voltadas para a qualidade de vida dos Trabalhadores
  76. Criar programa sobre assédio moral
  77. Reestruturar as áreas de planejamento e de controle de Gestão
  78. Fortalecer relação com entidades classistas
  79. Estabelecer nova estrutura física para o Centro Avançado dos Juizados Especiais (CAJE), englobando todas as unidades judiciárias do sistema de juizados especiais de Vitória
  80. Elaborar e Implementar Programa de Gestão da Mudança
  81. Criar programa de incentivos por produtividade
  82. Implantar um sistema informatizado de Gestão de Custos
  83. Aperfeiçoar o plano de cargos, vencimentos e benefícios dos servidores
  84. Instituir programa de capacitação em Gestão de Custos
  85. Definir critérios de priorização e estabelecer metas internas de julgamento de processos de improbidade administrativa e de crimes contra a administração pública
  86. Otimizar o sistema de arrecadação de recursos próprios
  87. Priorizar a segurança e saúde ocupacional com foco na Prevenção
  88. Reorganizar a Estrutura (Física, Tecnológica e de Pessoal) para funcionamento do NUPEMEC como órgão Gestor da Política de Pacificação Social
  89. Aprimorar as atividades do NURER (Núcleo de Repercussão Geral e Recursos Repetitivos)
  90. Implantar central de atendimento de magistrados e Servidores
  91. Dinamizar canais de comunicação com as partes interessadas
  92. Desenvolver programa de preparação de sucessores
  93. Elaborar e implementar projeto para aprimorar o Planejamento de Contratações e o Sistema de Compras
  94. Desenvolver sistema de liderança
  95. Aprimorar o programa de gestão de desempenho
  96. Plano de Logística Integrado e de Manutenção Preventiva
  97. Construir uma sede administrativa

Cada setor do Poder Judiciário do Espírito Santo contribui para o Planejamento Estratégico 2015-2020 executando as iniciativas estratégicas que foram atribuídas ao seu Plano Setorial. A disposição das iniciativas estratégicas por setor foi elaborada da seguinte forma:

Captura de Tela 2015-08-05 as 23.43.55

Captura de Tela 2015-08-05 as 23.45.31 (1)

Captura de Tela 2015-11-11 as 16.12.45

Captura de Tela 2015-08-05 as 23.47.03 (1)

Captura de Tela 2015-08-05 as 23.49.16

Captura de Tela 2015-08-05 as 23.50.58

Captura de Tela 2015-08-05 as 23.52.09