Tribunal de Justiça do Espírito Santo receberá o prêmio “Conciliar é Legal” do Conselho Nacional de Justiça

Cerimônia de premiação acontecerá na primeira sessão ordinária do CNJ deste ano, dia 5 de fevereiro, em Brasília.

O Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES) foi escolhido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) como um dos vencedores da 9° edição do Prêmio Conciliar é Legal, na categoria Instrutores de Mediação e Conciliação.

As servidoras do TJES Jussiara dos Santos Martins de Souza, Lavínia Vieira de Andrade e Paula Morgado Horta Monjardim Cavalcanti apresentaram o projeto “Técnica de Acolhimento”, que foi selecionado em 1° lugar na categoria. A solenidade de entrega do prêmio ocorrerá na primeira sessão ordinária do CNJ, no dia 5 de fevereiro deste ano, em Brasília.

A coordenadora do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec), desembargadora Janete Vargas Simões, ressaltou a relevância do prêmio para o Tribunal de Justiça do Espírito Santo. “O Prêmio Conciliar é Legal representa o reconhecimento, pelo CNJ, de boas práticas, realizadas pelos Tribunais do país, relacionadas aos métodos consensuais de solução de conflitos”, explica a magistrada. Ainda, a desembargadora parabeniza as servidoras pelo excelente trabalho desenvolvido e pelo empenho na formação dos mediadores judiciais, com a adoção de práticas eficientes.

A premiação foi criada pelo Conselho Nacional de Justiça em 2010, com o objetivo de dar visibilidade a práticas que buscam a solução de problemas, de maneira pacífica, a partir de uma decisão consensual entre as partes de um conflito.

Tribunais, magistrados, instrutores de mediação e conciliação, instituições de ensino, professores, estudantes, advogados ou qualquer entidade privada podem se inscrever enviando projetos para o Prêmio Conciliar é Legal.

Vitória, 10 de janeiro de 2019

 

 

Informações à Imprensa

Assessoria de Imprensa e Comunicação Social do TJES
Texto: Isabella de Paula | ihpaula@tjes.jus.br

Andréa Resende
Assessora de Comunicação do TJES

imprensa@tjes.jus.br
www.tjes.jus.br