Corregedoria Geral da Justiça inicia correição ordinária na Comarca de Baixo Guandu


Print Friendly, PDF & Email

A Corregedoria Geral da Justiça (CGJ-ES) deu início, nesta terça-feira (27) à correição geral ordinária nas 1ª e 2ª Varas da Comarca de Baixo Guandu. A sessão solene de instalação da correição aconteceu nesta terça-feira (27/8), no Auditório do Tribunal do Júri do Fórum Desembargador Otavio de Carvalho Lemgruber, no centro da cidade, com a presença dos juízes corregedores Adriano Correa de Mello, Patrícia Faroni e Rodrigo Ferreira Miranda.

Também participaram da sessão solene o Diretor do Fórum, juiz substituto Dener Carpaneda e a juíza titular da 1ª Vara da Comarca, Walmea Elyze de Carvalho. A instalação contou ainda com a presença do promotor de justiça da Comarca e do representante da OAB-ES.

A determinação do Desembargador Samuel Meira Brasil Júnior, Corregedor Geral da Justiça do ES, de instauração da Correição Geral Ordinária na 1ª e 2ª Vara da Comarca de Baixo Guandu, foi feita por meio da Portaria nº 22/2019, publicada no e-diário de 26/07/2019.

De acordo com o Código de Normas da Corregedoria Geral da Justiça do Espírito Santo (CGJ-ES), a correição ordinária é a atividade orientadora, fiscalizadora e disciplinadora que o corregedor geral da Justiça exerce sobre os serviços do foro judicial e extrajudicial. Os procedimentos podem ser realizados na modalidade física ou virtual.

O resultado da correição fica registrado em ata e relatório e as instruções são encaminhadas ao juiz da unidade para o devido cumprimento. O relatório final da correição também passa pela aprovação do Conselho da Magistratura do Poder Judiciário Estadual.

A próxima Correição Geral Ordinária está prevista para acontecer na Comarca de Colatina nas Unidades: 1ª Vara Criminal, 1ª Vara de Família, Órfãos e Sucessões e na Vara da Fazenda Pública Estadual, Registros Públicos e Meio ambiente, a ser iniciada no dia 23/09/2019, conforme Edital nº 72/2019, publicado no e-diário em 14 de agosto de 2019.

Vitória, 27 de agosto de 2019.