Corregedoria Geral da Justiça conclui correição ordinária na Comarca de Baixo Guandu


Print Friendly, PDF & Email

A Corregedoria Geral da Justiça (CGJ-ES) concluiu, na última sexta-feira (30), a correição geral ordinária nas 1ª e 2ª Varas da Comarca de Baixo Guandu, além do serviço extrajudicial.

A correição foi instalada no dia 27/8, no Auditório do Tribunal do Júri do Fórum Desembargador Otavio de Carvalho Lemgruber, no centro da cidade, com a presença dos juízes corregedores Adriano Correa de Mello, Patrícia Faroni e Rodrigo Ferreira Miranda.

Ao término dos trabalhos, o Desembargador Samuel Meira Brasil Júnior, Corregedor Geral da Justiça, destacou o comprometimento dos magistrados Dener Carpanema e Walméa Carvalho Pepe de Moraes, assim como dos servidores e estagiários daquela comarca. Para o Corregedor, a comarca passa por grandes dificuldades como a falta de pessoal e uma distribuição crescente de processos, mas o grande empenho de todos é digno de registro e tem reduzido o problema.

O Corregedor informou que algumas orientações já foram passadas aos juízes e servidores, mas será elaborado um relatório detalhado da situação encontrada, o que será oportunamente encaminhado ao Conselho da Magistratura.

O Desembargador Samuel Meira Brasil Júnior destacou que, apesar de pequenos problemas encontrados, não foram encontradas falhas graves que viessem a comprometer a prestação do serviço judiciário na comarca e, pelo contrário, o esforço e a responsabilidade de toda a equipe para uma melhor prestação de serviço deve servir de exemplo para o Poder Judiciário.

De acordo com o Código de Normas da Corregedoria Geral da Justiça do Espírito Santo (CGJ-ES), a correição ordinária é a atividade orientadora, fiscalizadora e disciplinadora que o corregedor geral da Justiça exerce sobre os serviços do foro judicial e extrajudicial. Os procedimentos podem ser realizados na modalidade física ou virtual.

O resultado da correição fica registrado em ata e relatório e as instruções são encaminhadas ao juiz da unidade para o devido cumprimento. O relatório final da correição também passa pela aprovação do Conselho da Magistratura do Poder Judiciário Estadual.

A próxima Correição Geral Ordinária está prevista para acontecer na Comarca de Colatina nas Unidades: 1ª Vara Criminal, 1ª Vara de Família, Órfãos e Sucessões e na Vara da Fazenda Pública Estadual, Registros Públicos e Meio ambiente, a ser iniciada no dia 23/09/2019, conforme Edital nº 72/2019, publicado no e-diário em 14 de agosto de 2019.

Vitória, 02 de setembro de 2019.